Azeite de Oliva Espanhol Azeite de oliva espanhol

Azeite sua vida!

Voltar para a home

Substitua parte dos carboidratos por ácido graxo monoinsaturado

Sabendo que o ácido graxo monoinsaturado é o nutriente que está em maior proporção na dieta do mediterrâneo tem levado os pesquisadores a estudar tal fato e relacionar com a baixa incidência de doenças cardiovasculares e taxa de colesterol, que ocorre principalmente em duas regiões da Grécia: Creta e Corfu.

Perfil da dieta do mediterrâneo em relação à gordura:

1.      Dieta com maior porcentagem de gordura do que a recomendada.

2.      A gordura da dieta contribui com até 40% das calorias totais.

3.      A gordura satura tem uma menor participação: de 7% a 8% das calorias.

4.      A gordura monoinsaturada fornece de 16% a 29% das calorias, principalmente a partir do ácido oléico encontrado no azeite de oliva.

Estudos em seres humanos têm mostrado que o consumo de uma dieta cuja gordura tem maior proporção de monoinsaturada e poliinsaturada está diretamente associada com a redução do risco de doenças cardiovasculares.

Azeite de oliva versus carboidratos

Um recente estudo conduzido em 8.000 mulheres com mais de 14 anos mostrou que realmente as gorduras monoinsaturadas protegem o coração. As poliinsaturadas também mostraram serem efetivas. Para completar: a gordura saturada está diretamente relacionada com as doenças cardiovasculares.

Não é só isso. O risco de doenças cardiovasculares é maior quando as calorias da dieta provenientes da gordura saturada aumentam em 5%. Os ácidos graxos poliinsaturados trans também estão na lista de nutrientes que aumentas estas doenças.

Por volta de 1985 os pesquisadores começaram a questionar qual seria o melhor substituto no fornecimento de energia das gorduras saturadas: os carboidratos, a gordura poliinsaturada ou a monoinsaturada?

A partir desta dúvida eles analisaram dois tipos de dietas com teor semelhante de colesterol: uma rica em gordura (40% do total de energia) com 24% a 25% de energia de monoinsaturada e 4% a 10% de saturada. Já a outra dieta tinha menos gordura (20% do total de energia), sendo que as saturadas só forneciam 7% e uma maior proporção de carboidratos.

Os resultados mostraram que as duas dietas foram eficientes em reduzir o colesterol total e as LDL (mau colesterol). A dieta rica em gordura monoinsaturada não reduziu as taxas das HDL (bom colesterol) nem aumentou os triglicérides. Já a dieta rica em carboidratos e pobre em gordura reduziu as HDL (bom colesterol) em torno de 14% a 22% e aumentou significativamente os triglicérides de 22% a 39%.

Conclusão: a substituição de parte das calorias oriundas dos carboidratos por gordura monoinsaturada (que tem no azeite de oliva o seu principal representante) é mais benéfica para o organismo e leva a um melhor perfil de colesterol e triglicérides do organismo.

 

Azeite de Oliva Espanhol

Unión Europea - Fondo Europeo de Desarrollo Regional - Una Manera de Hacer Europa

ICEX

Space Produções